DOENÇA DAS GENGIVAS - FACTO OU FICÇÃO?

A doença das gengivas afeta muitas pessoas por todo o mundo e cerca de 50% de adultos já tiveram gengivite durante a sua vida.1,2 Também existem muitos mitos sobre a doença gengival que se têm desenvolvido ao longo do tempo.

Aqui estão alguns dos mitos mais comuns que poderá encontrar sobre a doença das gengivas - juntamente com alguns factos importantes que deve conhecer no que respeita às causas e tratamentos da doença das gengivas:

1. SANGRAMENTO DAS GENGIVAS SÓ AFETA IDOSOS - MITO

O sangramento das gengivas é um sintoma comum da doença gengival, normalmente provocado pela acumulação de placa bacteriana à volta e entre os dentes. Pode afetar pessoas de todas as idades embora seja menos comum nas crianças.

2. GENGIVAS QUE CEDEM NÃO VOLTAM A CRESCER - FACTO

As gengivas que cedem podem voltar a crescer? Não, as gengivas não conseguem voltar a crescer sozinhas. O uso regular do fio dentário ou uma pasta de dentes com flúor, como parodontax, pode ajudar a evitar uma maior acumulação de placa bacteriana, e travar a recessão das gengivas, para que não piore.

3. ESCOVAGEM COM DEMASIADA FORÇA PODE PROVOCAR SANGRAMENTO DAS GENGIVAS - FACTO

A escovagem demasiada agressiva pode provocar o sangramento das gengivas mas este também pode ser um sinal de doença gengival (gengivite), portanto deverá sempre falar com o seu médico dentista se vir sangue ao escovar os dentes. Quando escova é importante não aplicar força a mais. Utilize uma escova dentária com uma cabeça pequena e arredondada e cerdas suaves, fazendo movimentos circulares ou elíticos e prestando especial atenção à linha da gengiva (zona onde a gengiva se encontra com o dente). Também se recomenda que substitua a sua escova de dentes de três em três meses.

4. A DOENÇA DAS GENGIVAS NEM SEMPRE É GRAVE - MITO

A gengivite é a primeira fase da doença das gengivas e pode ser resolvida com o tratamento correto e uma boa rotina diária de higiene oral. Mas, se não for tratada, pode levar a uma fase mais grave da doença das gengivas, a periodontite, que é irreversível, não pode ser curada e poderá eventualmente resultar em perda de dentes.

5. SÓ PRECISO DE CONSULTAR O MEU MÉDICO DENTISTA QUANDO HÁ UM PROBLEMA - MITO

Se suspeitar que está a sentir qualquer um dos sinais da doença das gengivas, incluindo ver sangue após a escovagem ou uso do fio dentário, fale com o seu médico dentista o mais rapidamente possível. No entanto, também deverá marcar consultas dentárias regularmente, de acordo com os conselhos do seu médico dentista - mesmo que tudo lhe pareça bem. O seu médico dentista poderá identificar sinais de doença das gengivas ou de outros problemas antes de desenvolver sintomas, permitindo que interrompa a evolução da doença gengival antes que esta se agrave.

1. Oliver et al. J Clin Periodontol 1998;69(2):296-78.
2. Brown et al. J Dent Res 1996;75:672-83.
3. Data on file, GSK, parodontax Segmentation, August 2015.