O QUE É UMA DESTARTARIZAÇÃO E POLIMENTO?

A doença das gengivas deve-se, normalmente, à acumulação da placa bacteriana, e a melhor forma de a remover é com a escovagem dentária duas vezes ao dia. Mas, por muito que lave os dentes, haverá sempre zonas de difícil acesso que são difíceis de limpar. Nestas áreas a placa bacteriana pode acumular-se e eventualmente mineralizar para formar um depósito encrustado e duro chamado tártaro, que é impossível de remover somente com a escovagem. Se não for removido, mais placa bacteriana pode acumular à volta dos dentes e possivelmente abaixo da linha da gengiva, resultando no avanço da doença gengival.

Para reduzir os riscos de doença gengival ou impedir que avance, o seu médico dentista poderá recomendar que faça uma limpeza profissional, conhecida como destartarização e polimento.

O QUE ESPERAR

Uma destartarização e polimento pode ser feita pelo seu médico dentista ou higienista.

A primeira fase remove a placa e tártaro depositados. Normalmente é utilizado um aparelho de ultrassons para eliminar a maior parte do tártaro. De seguida, com a ajuda de aparelhos especializados, são removidos os restantes vestígios de placa e tártaro que ainda possam existir.

O próximo passo é o polimento dos dentes para deixar a sua superfície suave. Embora o polimento elimine manchas, deixando os dentes brilhantes, não se limita a um procedimento cosmético. Suaviza também pequenas imperfeições e zonas de textura mais rugosa nos dentes, protegendo contra uma nova acumulação de placa bacteriana.

O seu médico dentista poderá aconselhá-lo sobre com que frequência deve fazer uma destartarização e polimento. É importante recordar que a limpeza profissional é um complemento a uma boa rotina de higiene oral e não substitui a escovagem duas vezes ao dia com um pasta de dentes com flúor como parodontax para ajudar a prevenir a acumulação de placa bacteriana entre as visitas ao médico dentista.