Location:

Ilustração de bactérias nas gengivas com o rótulo 'Causas!
Ilustração de bactérias nas gengivas com o rótulo 'Causas!

Causas

Como fumar pode ser um fator de risco para a doença das gengivas

Fumar faz mal à sua saúde e isso inclui as suas gengivas. Se fumar, tem um risco mais elevado de desenvolver a doença das gengivas e, se já a tiver, é mais provável que seja grave e mais difícil de tratar do que para não fumadores. Quanto mais fumar e quanto mais tempo fumar, mais elevado é o seu risco.

Cigarro num cinzeiro

Porque é que os fumadores correm um maior risco de ter doença das gengivas?

A doença das gengivas ou gengivite, é provocada pela acumulação da placa bacteriana à volta e entre os dentes. Isto pode irritar as gengivas, que ficam vermelhas e inchadas, e podem sangrar na escovagem dos dentes ou uso do fio dentário. Se não for tratada, pode agravar e levar à perda de dentes.

Como fumar debilita a capacidade do corpo para responder às infeções, faz com que seja mais difícil combater uma infeção das gengivas e, uma vez danificadas, fumar faz com que seja mais complicado sará-las.

Outra razão pela qual os fumadores correm um maior risco é porque fumar pode mascarar os sinais da doença das gengivas.

O sangramento das gengivas com a escovagem dos dentes ou uso do fio dentário, é um sintoma comum da gengivite. Como a nicotina reduz a circulação do sangue nas gengivas, os fumadores poderão não reparar neste sinal precoce de doença das gengivas.

As gengivas rosadas que se tornam vermelhas podem ser um sinal do início da doença das gengivas. Este é outro sinal que poderá ser disfarçado num fumador pois as gengivas de quem fuma muito ficam cinzentas e sem cor.

Porque é que a doença das gengivas pode ser pior para fumadores

Se estes sinais precoces não forem identificados, então a doença das gengivas pode não ser diagnosticada antes de se tornar mais grave. Isto é um problema porque quando um fumador desenvolve gengivite é mais difícil de tratar. Porquê? Porque fumar reduz a capacidade do corpo de combater e sarar infeções gengivais e os tratamentos poderão não ser tão eficazes como num não fumador. Isso significa que os fumadores tendem a ter doença gengival mais grave e estão mais suscetíveis à perda de dentes como resultado.

Como prevenir a doença das gengivas

O primeiro passo é deixar de fumar. Mesmo para quem tem doença grave das gengivas, deixar de fumar faz uma grande diferença. Portanto, se ainda precisa de uma boa razão para deixar de fumar, é isso que precisa de fazer para ajudar a manter os seus dentes e gengivas saudáveis.

Livrar-se da placa bacteriana com uma boa rotina de higiene oral também vai ajudar a melhorar a saúde das suas gengivas. A escovagem duas vezes ao dia com uma pasta de dentes parodontax remove fisicamente as bactérias acumuladas ao longo da linha das gengivas, ajudando a mantê-las saudáveis e os dentes fortes.

É especialmente importante para os fumadores terem consultas dentárias regulares porque uma avaliação profissional poderá detetar sinais de doença gengival, mesmo quando são mascarados pelo facto de fumar. O seu médico dentista também o poderá aconselhar em relação ao que fazer para evitar que a gengivite piore.